sexta-feira, 21 de março de 2008

você ja amou?


Você já amou? Horrível, não? Você fica tão vulnerável. O peito se abre e o coração também. Desse jeito qualquer um pode entrar em você e bagunçar tudo. Você ergue todas essas defesas. Constrói essa armadura durante anos, para que nada possa causar mal. Aí, uma pessoa idiota, igualzinha a qualquer outra, entra em sua vida idiota. Você dá a essa pessoa um pedaço seu. E ela nem pediu. Um dia, faz alguma coisa boba como beijar você ou sorrir. E, de repente, sua vida não lhe pertence mais. O amor faz reféns. Ele entra em você. Devora tudo o que é seu e te deixa chorando no escuro. Por isso, uma frase simples como `talvez a gente devesse ser apenas amigos` ou `muito perspicaz` vira estilhaços de vidro rasgando seu coração. Dói. Não só na imaginação ou na mente. É uma dor na alma, no corpo, uma verdadeira dor que entra em você e destroça por dentro. Nada deveria ser assim. Principalmente o amor. "
Por que simplesmente as pessoas n podem respeitá-lo?

2 comentários:

ah, disse...

Oh, o amor.
Amor Bandido =X

auauhauhuhuaa

Breno Dias disse...

Um amor não correspondido realmente faz mal, mas como Veríssimo já disse uma vez: "ridículo agora, porque na hora não era não".
Dizem que é com essas quedas é que aprendemos a escolher com maior destreza quem é melhor para nós. Quem tem mais a ver conosco, saca?

Talvez esteja na hora de parar de fazer esses pensamentos indutivos e se entregar à um verdadeiro amor. Jogue seu cd do Mika - que só fala dessa visão lamentável do amor - pela janela e ouça Beatles. Ou seu coração, se preferir.
Já é hora de mudar para um terreno mais firme e fértil. É hora de parar de lamentar relacionamentos que nao vingaram e manter a visão adiante em direção à cor vermelha.

/BrenoDias