sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Quero conseguir...


Não estou pedindo para esquecer, só queria chegar naquela fase de todo o sofrimento em que você para de se machucar com coisas pequenas. Que você não precise entrar no whatsapp pra ver qual foi a última vez que a pessoa entrou, que a foto pequena no facechat não te incomode mais, que qualquer traço de coisa pouca daquela pessoa pare de te afetar.

Não to pedindo pra parar de gostar porque sei que isso leva tempo, mas queria viver só em paz, estando em paz comigo mesma, pelo menos na maior parte do tempo, sem sofrer todos os dias, sem esperar receber alguma mensagem, algum sinal qualquer. Não quero esperar, não quero aguardar o momento em que você vai me procurar, me ligar, lembrar de mim, quero viver pra mim e não pra você.

Aguardo ansiosamente pelo dia em que eu vou acordar e os mínimos detalhes não vão me afetar, quero saber que gosto de você, mas isso não me atingir profundamente, quero conseguir ter um namorado e amar ele, mesmo sabendo que no fundo quem eu realmente amo é você, mas quero conseguir gostar de outras pessoas sem ferir elas, a mim mesmas e acabar estragando tudo.

Você me prometeu ser algo diferente, no fim das contas não foi assim, no fim você agiu como todos os outros que prometem te dar colo no final, mas só se dão colo a si mesmos.

Quero conseguir respirar sem lembrar em cada sopro no meu peito que você existe, eu não quero ter que me lembrar de você todos os dias e ficar mal por isso, eu quero viver, quero lembrar de você e só lembrar, sabendo que amo , mas não murchar o meu peito ao lembrar, não  quero ter que baixar a cabeça de tristeza por me frustar mais uma vez por mais um dia em que eu não superei ou não consegui disfarçar a minha dor a mim mesma.
Porque já que você não pode me dar atenção, então que por favor eu consiga parar de te dar atenção também!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Nó no peito



De repente deu um nó no peito tão grande, sabe?!

A gente realmente se contenta em aceitar que não dá pra ser de quem se quer, mas tem dias que aperta o peito  de uma tal forma, você tenta ignorar mas  ela fica lá alfinetando até você lidar com ela, ficar triste, baixar a cabeça e desejar nunca ter nascido pra viver uma dor dessas.

Então bate aquela ânsia de choro, você tenta ver TV, ler um livro, rezar pro dia acabar e finalmente você dormir pra começar logo um novo, na esperança de que finalmente amanhã essa dor vai conseguir passar despercebida.

Então finalmente, você decide levar uma vida normal, recomeçar, encontrar alguém pra transferir uma parte do que você sente, infelizmente usar essa pessoa pra superar um pouco a dor da perda de outra. É triste agir assim, mas a gente precisa ficar bem, precisa de estabilidade, precisa viver, precisa se contentar de que aquilo não é mais seu e que não dá pra esperar as coisas na inércia, a vida realmente continua, as aparências também.

É bom ser amado por alguém, saber que existem pessoas que te querem e  que podem ficar com você, é bom pro ego, pro coração, mas nunca na vida vai conseguir ocupar o lugar de quem  realmente se ama, aquele vazio vai diminuir mas vai ficar lá, vai lembrar menos, mas vai lembrar.Você pode até chegar a amar essa outra pessoa, mas será que vai amar mais do que quem te tira o fôlego?Do que quem te faz tremer dos pés até o último fio de cabelo?Com quem só de você escutar a voz te faz sentir aquele furacão por dentro do corpo todo?
A gente consegue ser “feliz” com outras pessoas, mas não FELIZ, daquela forma que te faz sorrir só de lembrar do sorriso, do olhar, da cor dos cabelo, do cheiro, das sardas, da voz, de quem você realmente ama.
A vida é realmente muita injusta com os que amam demais, o problema é que apesar de amar demais alguém, eu quase nunca consigo amar ninguém, mas posso disfarçar enquanto você não chega pra desmoronar as minhas estruturas, abalar o meu mundo, modificar em mim tudo o que eu achava que era suave e me fazer esquecer do mundo todo lá fora.

E ah, amanhã é dia 18. Eu te amo e eu queria que você fosse pra sempre MEU.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Seu lugar

Engraçado como existem tantos detalhes, mas a gente quase não nota nenhum, tanta coisa passa despercebida, hoje por exemplo eu vim naquele restaurante árabe que a gente veio semana passada, me dei conta que inconscientemente sentei na mesma mesa em que sentamos, pedi as mesmas coisas, fui atendida pelo mesmo garçom, tudo estava do mesmo jeito, inclusive a sua cadeira, mas você não estava lá e me peguei olhando pra ela e pedindo pra mim mesma como eu queria que aquele dia voltasse, como eu queria que hoje não fosse hoje, que essa cadeira não estivesse vazia ou ocupada por outra pessoa que não é você.
De repente parei de ouvir as vozes das pessoas, os passos e a música ambiente do lugar, tudo começou a acontecer em câmera lenta, o único barulho que sinto é o eco do meu coração triste que bate incontrolavelmente quando penso em você.Deu vontade de chorar, engoli a seco.
O restaurante está lotado e todos estão acompanhado e eu sozinha na mesa, mas não me sinto só, a sua "presença" ou falta dela, me acompanha o tempo todo e nesse momento está sentada do meu lado.

you

E pensar que eu nunca mais vou poder olhar nesses olhos, donos do olhar mais lindo que eu já vi na vida.
 A vida realmente é tão injusta, não consigo parar de pensar o quanto ela é horrível, o quanto eu não fui ruim pra merecer isso.Eu não fiz nada, não consigo não chorar pelo menos na hora de dormir, não consigo não lembrar dos seus olhos, seu sorriso, a cor do seu cabelo, do cheiro dele, dos nossos abraços, de como a gente se olhava depois de ter tido uma noite incrível de amor e meu Deus, como eu sinto saudades de você falando tão alto, da sua implicância, do seu sorriso, de você me pedindo pra ser sua e de mais ninguém nesse mundo e eu pensando comigo que já era sua de outras tantas vida e nessa não seria diferente.
A sua falta me tira a fome, me dá uma felicidade incompleta, me deixa os meios abraços, meios beijos, me deixa toda pela metade e uma vontade imensa de não ser de mais ninguém. E não há nessa vida que me faça esquecer os dias 4 e nem o brilho dos seus olhos quando me viam, nada nem ninguém me tiram essas lembranças boas das nossas vidas.
O que mais me deixa mal é o fato de que a gente talvez nunca mais possa se ter e é isso que me torna inconformada.Ver a sua sombra do lado de outra pessoa que não sou eu e que não te faria tão feliz, me faz definitivamente perder as forças.

 Eu não quero ser egoísta, eu não quero, me desculpe.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Para quê mais palavras se neste momento só sou dor?

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

"And there's no one else"


Eu não quero acordar, não, me deixa dormir, por favor, me deixa dormir porque isso só pode ser um sonho bom, não é possível que você seja verdade, esses olhos encantadores não podem ser reais, essa capacidade de me fazer esquecer do mundo lá fora também não.
Eu te amo tanto e poderia passar o resto da minha vida repetindo isso até você entender de vez que nada mais tem graça além de estar na sua companhia.O meu mundo ganhou uma cor nova, com a sua chegada, era uma cor que não existia mas seus olhos criaram ela em mim.
Não sei explicar, mas nada me parece mais interessante do que estar do seu lado, tocar a sua mão, escutar a sua voz, ver o seu sorriso, escutar a sua risada, admirar você de perfil e o seu olhar, ah o seu olhar,  me faz viajar por dimensões que eu nem achava que fossem possíveis, me faz sentir a pessoa mais segura e mais feliz do mundo, eu me perco por alguns segundos em que fico paralisada sem conseguir dizer ou agir, é como se eu estivesse diante da coisa mais linda da minha vida, sinto como se tivesse encontrado a peça final de um quebra-cabeça que eu nunca conseguia montar.
E por mais que eu tente achar maneiras linda de te dizer como eu preciso de cada pedaço teu, eu não consigo, não consigo porque nada consegue expressar como em meio de uma multidão, de mil abraços, de tantos beijos, bocas, corpos, esperanças, de tantas pessoas eu só desejei e desejo V-O-C-Ê e nada me parece mais confortável do que já estou fazendo,  nada me parece melhor do que você.
Eu sou sua, ouviu bem?
S-U-A.
Me lembrei quando um dia você me disse: “Um dia você ainda vai ser minha”, eu ri, mas de uma forma absurda eu já sabia que eu era, sem antes ser ou saber que seria sua, mas já tinha certeza que a minha vida tinha mudado em um dia 4, de um ano qualquer de um doce novembro, diferente dos demais. O amor faz mesmo reféns e eu não faço a mínima questão de ser resgatada desse aqui.

Não te defino nem te compreendo apenas sei que chegaste e esta tua chegada modificará em mim todas as coisas que se tornaram suaves”


terça-feira, 4 de setembro de 2012

Encontrei você





Um belo dia sem nem se perceber, a gente descobre que tá apaixonado. É como se te jogassem de um precipício sem você ver, quando se nota já está em queda livre e não tem como fugir.

Te desejo todos os dias, como uma criança que quer ir muito a um parque de diversões, sonho todos os dias que uma hora vamos estar juntos.Eu só penso em você, entende?

Não há espaço para outras pessoas no meu coração, não consigo mais pensar em nada você não esteja. Sou sua, seja meu também?!

Rezo a Deus todos os dias pra você sempre continuar me querendo, para que você nunca pare de gostar de mim, porque no dia que isso acabar tudo ficará triste.

Quero você nos meus dias, nas minhas manhãs, tardes e noites. Quero saber que vou te encontrar nem que seja uma vez por semana, mas sabendo que você é só meu.

Te amarei aos 365 dias do ano, de todos os que eu existir e até dos que você não estiver mais aqui.Te sentirei dentro de mim, de janeiro a janeiro, de um modo que nunca mais terá fim.

Você ainda não sabe, mas um dia você realmente vai ser só meu, vai dividir os meus dias, vai sentar do meu lado no metro, vai tomar o meu suco da geladeira, brigaremos(mas no fundo eu nem vou ligar) e por  fim faremos as pazes e sentiremos que nos amamos cada dia mais, como quem conquista algo novo a cada dia.

Sinto um vento forte dentro do meu peito,  acho que é amor.