quarta-feira, 23 de abril de 2008

A Lei da Vida


Eu queria ter 7 vidas como os gatos,em cada uma eu teria um estilo diferente,seria,hippie,grounge,patty,indie,metaleira,gotica e ao fim eu seria eu mesma.Com 7 vidas eu aprenderia muito mais com os meus erros e ao fim delas eu seria uma pessoa bem melhor.O triste seria ver amigos,amores e família morrendo,você enterrando cada um e sabendo que ainda te resta mais vidas no cartucho.

Porque as pessoas têm que morrer?
As coisas não deveriam ser assim, ta eu sei que se as pessoas não morressem não ia haver mais lugar para elas morarem, íamos viver todos amontoados; mas porque que as pessoas tem que morrer de vez??Porque elas não vão para outro planeta e ai elas vem fazer uma visita de um em um mês?
A morte dói tanto, é tão ruim saber que você nunca mais vai ver aquela pessoa aqui na terra, se você durar mais 50 anos, são 50 anos sem ver ela.

A vida é linda, mas cada dia é uma vitória, você sempre luta para se manter vivo, me sinto em um jogo de vídeo game,em que você tem que fugir todos os dias para a morte não te levar.É como “fases”,a cada dia fica mais difícil fugir do perigo,o mundo sempre mais violento o transito mais perigoso é difícil de sobreviver,nem em casa mais estamos totalmente salvos.
Escrevendo me fez lembrar de um texto que eu li do Charlie Chaplin ,em que ele dizia que a vida deveria ser ao contrario,a gente deveria morrer logo pra se livrar disso,ai viveríamos num asilo,até ser chutado para fora de lá por estar muito novo,ai você trabalha 40 anos até ficar novo e poder aproveitar a aposentadoria,ai você curte a juventude que é a melhor fase da sua vida,se prepara pra faculdade,vai para o colégio,vira criança sem responsabilidades,depois se torna um bebezinho,volta ao útero da mãe e passa os últimos nove meses da sua vida flutuando e terminaria tudo com um ótimo orgasmo..
Realmente seria perfeito Chaplin!!!

Eu acho que todas as pessoas deveriam ter direito a ter um dia mais feliz e perfeito de suas vidas, um dia que nada desse errado e que você tivesse no lugar dos seus sonhos ao lado das pessoas que você quer. Mas eu acho que a gente deveria ter esse dia um dia antes de morrer, assim cada dia feliz que a gente tivesse antes disso a gente ficaria na duvida se no “dia perfeito” poderia ser melhor.

Infelizmente, não posso ter 7 vidas,não posso viver a vida ao contrario e a gente não tem direito a ter um “dia perfeito” antes de morrer,então aproveitem a vida,a gente nunca sabe quando é o nosso ultimo dia aqui na terra,a gente nunca sabe quando alguém que a gente gosta vai morrer.
A gente deve aproveitar cada dia como se fosse o ultimo,dar valor nas coisas simples da vida,ver o por do sol ,contar as estrelas no céu,admirar um dia azul e cheio de nuvens,sentir o ar puro no rosto,tentar ficar perto de quem você gosta...”As pessoas esqueceram do que você disse,as pessoas esqueceram do que você fez,mas elas nunca se esquecerão de como você as fez sentir”;Aproveite,você nunca sabe se hoje é o seu ultimo dia na terra.

5 comentários:

Mandy disse...

a mais nova escritora xD
o talento desconhecido de lorena lago..
uauihauihaiha
aiai
quando acabar a pilha da lanterna me avise pra eu tirar a do meu radinho e te emprestar ¬¬'
hauihauia

Dani disse...

You Gonna Die, my darling.


;D

Breno Dias disse...

Tá, e quem é que disse que nao temos 7 vidas? Você pode apenas nao perceber, mas lembra daquela vez que foi por um triz? A morte passou raspando, tangenciando, a sua vida, não foi mesmo? Lembra daquele dia que tudo indicava pra voce nao sair, mas saiu, e quase aconteceu um baita acidente? Ufa! Foi por pouco, né não?

Talvez isso seja uma forma de eufemismo para a morte, uma forma de nos ensinar e ser mais cuidadosos. Se eu fosse contar quantas "vidas" eu ja perdi.. Eu realmente levaria um bocado de tempo.

É super normal a gente querer tudo 'perfeito', tudo fácil, sem lutas, sem problemas, sem estresse. Mas pera aí, se fosse tudo assim como queriamos, será que seriamos como somos hoje? Se fosse tudo facil, sem problemas ou dificuldades, será que estudariamos tanto pro vestibular, pra vida? Será que aprenderiamos tudo o que aprendemos com os obstaculos que a vida nos dá? Não, claro que não. Seriamos mongóis sem rumo e, por sorte, trajando tangas monocromaticas de, provavelmente, carcaças de cães encontrados pelo caminho. è depressivo só de imaginar, quanto mais de viver. Urgh!

Quanto ao que voce disse no desfecho, sou obrigado a concordar com a filosofia carpe diem, mas nao esqueça que a bonança só vem após a tempestade. A vida é muito "além do que se vê", ela é imensa e ao mesmo tempo bem pequena, e a unica coisa que vai decidir a extensão dela(entre asduas citadas a pouco) é o seu modo de ver a mesma.

Mas não esqueça de que não sao palavras ou atos que te fazem alguem especial ou nao, e sim como voce faz as pessoas sentir.

Saada disse...

lorena não adianta que tu não tens sete vidas,e se tiveres vão ser vidas diferentes e não iguais a essas.eu não acredito muito em carpe diem,mas eu adorei a ideia do chaplin.seria justo terminar num orgasmo.haha

Renan Motta disse...

sinceramente... lindo esse texto!