terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Flashes da eternidade



De repente a gente se pega pensando em tanta coisa. Mesmo não amando da mesma forma de antes, por que você não para de pensar de vez? O que será que ainda existe dentro de nós que ainda nos faz pensar no outro que se foi? Mas você está feliz, está sim, seguiu a vida, sabe.

Aquilo que um dia foi tudo, agora ainda deixa um pontinho ali, de presença... Que sempre reaparece em qualquer hora, sem pedir, sem avisar, só pra dizer que esta lá, lembrando á você, que nunca se foi.

E não importa quanto tempo passe, algumas coisas nunca mudam. Você sempre vai lembrar dele, por algumas coisas, ela sempre vai lembrar de você, com outras, os cheiros, os sorrisos, as lembranças...Coisas boas essas que tempo algum apaga.

Por que as pessoas importantes da nossa vida sempre se vão? Por que tantas pessoas que já foram importantes, tiveram que ir?

Esse é o triste mundo de perdas chamado “ciclo da vida”, aonde muitos se vão e vários vem... Poucos deixam marcar e muitos passam despercebidos.

Um comentário:

J. Bentes disse...

Faz tempo não apareço aqui, e ainda escreves maravilhosamente bem. :)