terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

perdas e danos.



Hoje a noite ta mais falante do que eu, acho que perdi a minha voz, me perdi a um tempo na verdade, to tentando me achar, juntando os pedacinhos que foram deixados no caminho, acho que vai ser difícil colar tudo de novo, mas é bom mudar, a gente coloca outras peças no lugar, as vezes é melhor as coisas funcionarem de um outro jeito.
Hoje eu senti a falta de algumas pessoas que não vejo ou que não falo mais, sentir saudades de alguém que não se tem notícias é triste, tento simplesmente não pensar em nada o dia todo, a noite toda, mas uma hora a mente lembra daquela pessoa que fez parte da nossa vida, que fez a gente rir e riu com a gente.Sinto como se nessa noite eu tivesse pela metade, como se o meu corpo tivesse vazio por dentro, respirar dói...
Não quero cansar ninguém com as minhas dores, saudades e tudo mais, eu mesma que tenho que aturar tudo isso sozinha e vencer só também, um dia eu supero, um dia a gente para de sentir saudades, um dia isso vira só passado e fica guardado, a gente tem mais pessoas novas pra sentir falta la na frente.Essa dor ainda dói, mas já doeu mais...

Um comentário:

Sophie disse...

Sei exatamente como vc se sente... É como se algo fosse tirado de nos sem q pudessemos dar "xau" e ter de se acostumar com os dias que vem pela frente.... tentando preencher espaços vazios, se adptar a novos habitos e lugares....

Na minha busca descobri que não é o fato de esquecer, mas sim se deixar se esquecido, pq so o fato de tentar esquecer algo é lembrar daquilo... é questão de hábitos... estávamos habituadas a ter algo/alguem ao nosso lado e de repete isso muda... passamos a ter novos habitos...

Escrever é uma forma de expor, aliviar esses sentimentos e tb de guardar um pouco dakilo... As vezes dividir é gostoso... mesmo q vc não saiba com quem vc compartilha....

Gosto dos seus textos moça... encontrei seu blog ao acaso e hj compartilho um pouco com vc...